Usuarios On-Line



-[ QUEM SOMOS ]-

Um grupo de praticantes que se reuniu com o intuito de mudar o conceito da população em relação ao Parkour trazendo ao conhecimento popular o seu verdadeiro significado: Mais do que uma filosofia esportiva, o Parkour é uma filosofia de vida, com real utilidade. A partir desse ideal foi criado o Site LeParkourBrasil.Blogger e o Grupo Parkour Brazil Team.

------------------------

-[ NOSSOS TRABALHOS ]-



- Em movimento -

------------------------

-[ CONTATOS ]-


(011) 8140-0942




akirahka@yahoo.com.br




------------------------

-[ VIDEOS DO GRUPO ]-

Video 01
Video 02
Video 03
Video 04
Download Video Akira
Copie Videos da Web

-----------

-[ DIVULGAÇÕES] -


[ Comerciais ]

- Penalti
- Volkswagen / Parati
- Energize (Irlanda)
- Pepsi Max

[ Televisão ]

- Fantastico (Globo)
- Esporte Espetacular(Globo)
- Tribos (Multishow)
- A Noite é uma criança (Band)
- ESPN Brasil
- Avesso - Sony/AXN
- Programa da Hebe (SBT)
- Charme - Adriane Galisteu(SBT)
- TVE

[ Jornais]

- Folha de São Paulo
- Jornal da Cidade
- Jornais de todo Brasil.

[ Revistas ]

- Isto é
- Veja
- Metropole
- Guia da Semana
- Paradoxo - Capricho
- SESC


[ Internet ]

- Revista Abril
- Hype Magazine
- Close-up
- Veja Rio
- Estado Marchals
- Portal dos Games


[ Rádios ]

- 89 FM (Radio do Rock)

[ Faculdades ]

- UNESP
- PUC
- UNIP
- USP
- UNICAMP

-----------

- [LINKS DIVULGAÇÕES] -

PK Jornal da Cidade

Volkswagen o Percurso

Parkour Penalti

Making Off Pk Penalti

Trajetoria Akira Hka!

Pk Adriane Galisteu

Parkour Kimera Boituva

Treino Simples Bauru



------------------------



------------------------



------------------------



------------------------


-[ LE PARKOUR ]-

Criadores: O Parkour nasceu nos anos 80 na França e tem como seu criador David Belle, que se empenhou realmente na divulgação do Parkour a partir de 1997.

Sebastien Foucan tambem é conhecido por vários praticantes por ser o criador do Free Style (Movimentos do Parkour mesclados com Giros e Mortais ) , no qual o praticante aprende manobras radicais em conjunto com as tecnicas do Parkour , a filosofia dessa pratica é apenas se divertir e treinar o corpo para movimentos acrobáticos.

Detalhes: Le Parkour em Francês significa "O Percurso".
David Belle (criador do Le Parkour) foi bombeiro assim como o pai dele,e por incentivo e admiração a seu pai David Belle baseado em tecnicas utilizadas no exercito e pelos bombeiros desenvolveu uma Filosofia Esportiva ao qual nomeou de Le Parkour.
Em Paris alguns bombeiros treinam ginastica olimpica, e o metodo natural, com base nesses treinamentos eles desenvolveram a filosofia de "ser forte para ser util".

O principal objetivo do Parkour é ser apto a ajudar os outros, não ser "melhor" que ninguem.

Fisicamente Parkour é ultrapassar todos os obstáculos em seu caminho, como vc faria numa situação emergencial. Você tem que se mover de tal maneira que te ajude a ganhar mais terreno sobre alguém ou algo como se tivesse perseguindo ou fugindo de alguém ou algo.

Para expressar o Parkour, pode-se dizer que é estar preparado para eventuais imprevistos que venham a ocorrer em seu cotidiano, se desvencilhando deles.

Parkour pratica completa:
O parkour é uma atividade completa já que exige do praticante um esforço concentrado que trabalha toda sua musculatura.

Mente e Corpo: Para a pratica do Parkour é necessario que aja um trabalho conjunto de corpo e mente, o corpo não reage se a mente não autorizar. E a pratica do Parkour estimula a mente a trabalhar com o corpo e se focar mais em seu objetivos.
Esse estimulo pode ser descrito como um Efeito 3D:Avaliação de distancia, avaliação de capacidade, e avaliação de risco.

Competição: A filosofia existente no parkour é a de negar disputas e competições, tais atitudes desenvolvem um senso de responsabilidade e moral na maioria dos praticantes, incentivando e alterando o comportamento e as atitudes dos mesmos. O Parkour pode ser considerado uma disciplina atlética ou esportiva, mas não incentiva nem rotula praticantes como melhores ou piores por meio de disputas.

AVISO:
Ao praticar preocupe-se em evoluir gradualmente, nunca tente mais que sua capacidade.

------------------------

-| COMO PRATICAR |-

Você pode ir aprendendo os movimentos pela internet vendo fotos ou video, mais isso somente se você tiver algum conhecimento em Artes Marciais,queda, absorção de impacto e rolamento. Se vc não tiver esses conhecimentos procure por praticantes da disciplina em sua cidade ou proximidades para treinar, se não existirem praticantes perto de você procure na Internet por praticantes ( a maioria encontra-se no Orkut ) entre em contato com os praticantes perto de você e marque um treino.


------------------------

-| VOCABULÁRIO |-

Nome Correto:- Podemos chamar o Le Parkour apenas de Parkour no Brasil já que em francês: "Le" Parkour significa: "O" Parkour. Então para sermos mais corretos podemos falar apenas, Parkour! Mas fique a vontade Le Parkour é Liberdade, e nos do Le Parkour Brasil Team não ligamos para modismos mais sim para atitudes. Traceur - Alguem que pratica parkour

PK, Freerunning, Freerun - Nomes alternativos ao parkour

Grunt ou Newbie - Novatos, não como insulto,
apenas pra identificar.

Run - Normalmente utilizados pra definir conjunto
de tenicas, um percurso.

Clan ou Crew - Termo usado para grupo de traceurs
(geralmente amigos) que praticam juntos.

Bail ou Slam - Usado pra definir uma tecnica errada, normalmente
acaba em uma queda

Flow - O Calice sagrado do parkour, algo que voce luta para obter, a fluência entre as tecnicas.Simplesmente se mover com agilidade,fluência e leveza.



-| FRIENDS |-

Corrosivo!!!
Suki Baka!!
Musicas Japonesas
Bianca Xalana
Mangas e Animes!
Videolog Akira!
-=|Σµm¡ñ䆆¡§|=-


------------------------


-| LAYOUT |-



Arquivo







-| APRENDA PARKOUR |-

Como começar?

Tecnicas: Le Parkour

Tecnicas: Free Running

Video: Vaults 101

Video: Vaults 102

Complemento: Escalada



------------------------


-| SITES LE PARKOUR |-

David Belle

Sebastien Foucan

Urban Freeflow

Pawa

Yamakasi

Adrenaline Team

Parkour La Plata

Power and Control

Suburbio 43

Parkour Tagua

Aprenda Parkour

------------------------

-| LE PARKOUR VIDEOS |-

Action David Belle (DB)

3 Run The Frontier

Danile Ilabaca PK/FR

Nocturne Parkour DB

Parkour DB Tuyau

Trailer B13 Movie

Vaults 101

Vaults 102

Metodo Natural PK

------------------------

-| FREE STYLE VIDEOS |-

Free Style Yamakasi Game

Dvinsk Videos

Monkey Gainer

X-treme PK Mix

More Videos Free Style

Parkour Rules

Slam Big Jump

PK Rio de Janeiro

PK Floripa

Slam PK DB

Akira Hka Videos

------------------------





------------------------


-| LE PARKOUR CIDADES |-

Logo abaixo você encontra Links de Comunidades do Orkut de todo Brasil.

Parkour Underground

Apoio ao Pk Feminino

Pk não é Vandalismo

Pratico Pk todo Dia
São Paulo


Brasilia

Belo Horizonte

Florianópolis

Porto Alegre

Curitiba

Espírito Santo

João Pessoa

Divinópolis - MG

Mallet - PR

Rio Preto

Pedra Branca - Pandas

São Roque

Imperatriz - MA

Salvador

Roraima

Porto Velho - RO

Mato Grosso do Sul

Santo André

São Jose

Votuporanga

Fortaleza

Boituva

Santos

Niterói

Limeira

São José dos Campos

Indaiatuba

Parkour Rio Claro - SP

Blumenau – SC

Guará – DF

Campinas - SP

Ribeirao Preto

Goiânia

Parkour Free Style/ES

Recife

Foz do Iguaçu


Espírito Santo

Joinvile

Aracaju/SE

São Vicente

Marília - SP

Lavras – MG

Jundiaí

Juiz de Fora

Bauru - SP

Cuiabá

Guarujá

Sapucaia do Sul

São Carlos

Belém

Uberaba/MG

Presidente Prudente

Juazeiro - Petrolina

Franco da Rocha/SP

Campina Grande/PB

Parkour São Paulo


Parkour Curitiba

Parkour Clã Rj

Parkour Florianopolis

Parkour Bralilia

Parkour SC

Parkour Belo Horizonte

Parkour João Pessoa

----------------------


-| LAYOUT |-



Arquivo






-------------------------------------
AVISO IMPORTANTE !!!!!
-------------------------------------


Não use nenhuma informação contida nesta pagina antes de ler as seguintes informações.



-------------------------------------
TERMO DE COMPROMISSO
-------------------------------------



O envolvimento em esportes perigosos e atividades relativas podem trazer risco significativos, ferimentos corporais, ou morte.

Participe pelo seu proprio risco.

O criador da pagina www.leparkourbrasil.blogger.com.br entre outras recomendam o uso de instruções de praticantes já experientes antes da prática do Le Parkour. Você deve ter conhecimento dos riscos envolvidos e assumir responsabilidade pessoal por suas ações.
A Informação contida dentro desta pagina é aberta a interpretação. Opiniões sobre dificuldades técnicas, requisitos físicos, segurança e potencial, são assuntos discutidos na internet em foruns sobre o assunto!


http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=289291



Lá as opiniões dos outros podem se diferenciar da suas. Sendo assim, esteja avisado que deve exercer seu auto-julgamento para decidir quanto a dificuldade, e proteger a si mesmo de riscos inerentes e perigos. Não use nenhuma informação desta pagina ao menos que você seja apto ou uma pessoa experiente em esportes que
compreende E ACEITA o risco de participar de perigosas atividades e esportes.

As informações contidas nestas paginas podem conter erros, ou omissões, sendo assim, as informações contidas em www.leparkourbrasil.blogger.com.br são publicadas sem se responsabilizar por nenhuma forma expressada, ou implicada neste. Visualizar, ler, ou qualquer uso da informação contida dentro desta pagina, é puramente de
vontade voluntária de quem o faz.

O leitor ou usuário não pode culpar nenhum dado publicado, dono, autor, ou outros contribuintes de www.leparkourbrasil.blogger.com.br , por incidentes publicados direta ou indiretamente aos materiais publicados dentro desta pagina ou sua rede de links.


----------------------------------------------------------

[ www.leparkourbrasil.blogger.com.br e sua rede de links ]



NÃO ASSUME NENHUMA CULPA, OU RESPONSABILIDADE POR SUAS AÇÕES.




-------------------------------------------------------------------------



A Historia do Le Parkour



A arte do Movimento ?



Antes de qualquer explicação , o melhor a fazer é assistir o video a seguir , aonde o Criador do Le Parkour explica a pratica.




Complemento


Parkour, ou Le Parkour (abreviação: PK) é uma disciplina física de origem francesa, em que o participante, chamado de "traceur" no masculino, ou "traceuse" no feminino, sobrepõe obstáculos de modo mais rápido e direto possível, utilizando-se de diversas técnicas como saltos, rolamentos e escaladas.

O Parkour moderno surgiu quando David Belle e os irmãos Yahn, Frederic Hnautra e David Malgogne se encontraram nas ruas de Lisses, em Paris. Perceberam que tinham muito em comum, tanto no prazer pela busca da forma física plena como no desejo de vencer desafios. A inspiração para criar o nome veio da expressão "Parcours Du Combattant". Foi uma referência ao percurso de obstáculos desenvolvido por Georges Hébert (1875-1957), pioneiro na prática de educação física na França como parte de seu "Méthode Naturelle" ou Método Natural de Educação Física, concebido no início dos anos 20 e que foi utilizado por soldados franceses na Guerra do Vietnã para realizar resgates.

Basicamente, o Parkour é a arte do movimento ou a arte de ser útil com o movimento. Por meio de movimentos eficientes seus praticantes podem ir de um lugar a outro utilizando somente os recursos que seu corpo pode oferecer.


Le Parkour, uma filosofia de vida



Aprender a superar os obstáculos. Este é o grande ensinamento que o Parkour proporcionou ao brasileiro Bruno Shiraishi, 19. O jovem mora em Kita Koshigaya, em Saitama, e trabalha em uma empresa que fabrica refeições prontas. Mesmo com a rotina exaustiva ele encontra tempo para treinar o Parkour e também o Ninjutsu, duas artes que ele aprendeu no Brasil e procura treinar no Japão, mesmo sozinho.

"Quando temos algum problema na vida, se não o enfrentarmos, nunca o superaremos. Assim acontece também com o Parkour", explica Shiraishi.
Ele relembra que descobriu o esporte com os amigos pela Internet, em 2005. "Praticávamos em praças e corrimões em Votuporanga, cidade em que morava no Brasil". Shiraishi diz que no início viu vídeos de muitos profissionais em ação, mas tinha consciência de que não poderia imitá-los por não estar preparado. "Começamos pelos obstáculos mais baixos e conforme ia ficando mais fácil partíamos para um mais difícil, assim íamos evoluindo.", relata. O brasileiro alerta que "Não adianta nada a pessoa querer superar um obstáculo para o qual não está preparada e depois ficar numa cadeira de rodas". E acrescenta que a pessoa deve fortalecer os punhos e os braços, "pois são eles que vão salvar a sua vida quando você não conseguir realizar um salto direito".

Agradecimento: Yeiki Yamaguchi
Texto retirado: http://www.educacaofisica.com.br/mostra_noticia.asp?id=2548



----------------------------------------------------------------


Como surgiu?



Os movimentos do Parkour são utilizados desde o inicio da humanidade, mas a arte na verdade foi criada nos anos 80 em Lisses, França. Iniciado por um grupo de crianças brincando, que resolveram
levarem a serio o que era o estilo militar de cruzar obstáculos. As crianças em questão cresceram e desenvolveram a arte. Dois deles são os conhecidos David Belle e Sebastien Foucan. Mas vários
sites, praticantes e outros acreditam que a arte tenha sido criada por um grupo maior de pessoas.
Outra grande influencia, foi o pai de David Belle, com seu passado militar e influenciado também
pelo Método Natural (Méthode Naturelle).





----------------------------------------------------------------




Le Parkour e Freerunning no Brasil




O Le Parkour no Brasil começou de maneira simples, Leonard Akira Hka (como é conhecido), conheceu o Parkour em 2001 , quando um amigo (Jonathan Ferreira) num intercâmbio em Londres teve a oportunidade de conhecer o que ainda era a cena "Underground" e pouco conhecida do Parkour e do Freerunning com "traceur" europeus , depois de conversar e aprender um pouco sobre a Filosofia da pratica esportiva sem competição, seu amigo lhe passou alguns links de fotos, alguns vídeos e alguns sites para Leonard Akira no Brasil, que logo se interessou pela prática, de forma crescente.
Em 2002, Leonard Akira começou a tentar seus primeiros saltos, e começou a escrever sobre a Parkour em seu antigo blog. Mas desanimou e os treinos começaram a ser cada vez menos freqüentes. Em 2004, Leonard Akira teve novamente contato com o Parkour em uma matéria exibida na MTV no antigo programa Buzzina, de Cazé Peçanha. A partir daquele momento ele decidiu treinar freqüentemente.

Como no Brasil ainda não existiam praticantes, Leonard Akira - Hka - começou a treinar sozinho, utilizando-se de fotos e ensinamentos obtidos pela Web. Em 2004, Akira começou a praticar seriamente e começou a formar as bases para a PRIMEIRA PÁGINA SOBRE LE PARKOUR DO BRASIL. Em setembro de 2004 a pagina foi ao ar pelo Blogger e em pouco tempo se tornou o "point" principal de "traceurs" de todo Brasil (mesmo contendo erros nos primeiros meses que foi ao ar, por culpa de traduções). Com a página no ar e treinando, Akira começou a ensinar o Parkour pelo Interior de SP para amigos e praticantes de Artes Marciais, com isso foi se tornando cada vez mais conhecido e reconhecido.


No começo de 2004, jovens de São Paulo e Brasília também começaram a se aventurar na prática de origem francesa, e estudar sua filosofia. Em 2004, praticantes de São Paulo e Leonard Akira , foram convidados a fazer o que seria a primeira grande matéria sobre o Parkour do Brasil, para o Jornal Folha de São Paulo, tal matéria teve repercussão Nacional. E assim a primeira pagina sobre o Parkour do Brasil teve um aumento crescente de visitas por ser a única fonte na época de informações sobre Le Parkour.

(Fonte: Folha de SP 08/09/2005).
www.leparkourbrasil.blogger.com.br


Leonard Akira – Hka - na época decidiu se unir com um grande grupo para divulgar a prática e então conseguiu o auxilio da Urban Free Flow.
( www.urbanfreeflow.com )


E hoje a pagina Le Parkour Brasil.Blogger é o maior centro de informações e técnicas de Parkour e Freerunning do Brasil, tendo cerca de 1.000 acessos mensais!


Complemento: a página www.leparkourbrasil.blogger.com.br, foi considerada por vários "traceurs" o epicentro de informações de Parkour do Brasil, divulgando "crews", treinos e eventos em todo o país. (2006/2007).


A página (www.leparkourbrasil.com.br) foi criada em 02/09/2005. E fundou ali o site do grupo Le Parkour Brasil - 2º site de Parkour do Brasil. E a mesma não tem nenhum vínculo com o site (www.leparkourbrasil.blogger.com.br) ou com o Grupo Parkour Brazil Team.


----------------------------------------


Propagação do Parkour



A primeira vez que se teve noticias de outros "traceurs" no Brasil, foi no inicio de 2004, quando alguns grupos em Brasília e São Paulo deram uma entrevista para Revista Isto É (quem não é considerada uma verdadeira matéria sobre parkour por terem focado o parkour como uma filosofia Radical e Kamikaze ) - Confira :

Materia Isto É !


Depois, com o tempo, foram nascendo grupos em Curitiba e Florianópolis.Nesta época o Jornal Folha de São Paulo fez uma entrevista com Leonard Akira Hka e o Grupo Le Parkour Brasil de SP e foi uma grande referência em questão de matéria sobre parkour no Brasil e foi então que o Estopim foi aceso.

Leonard Akira: "Nesta época eu já havia avançado consideravelmente na prática e estava ensinando para pessoas interessadas no Parkour."


Depois dessa entrevista para o jornal , ouve uma divulgação do Grupo Le Parkour Brasil para o Programa da MTV Gordo Freak Show (considerado um canal fechado - pois o mesmo é aberto apenas para capitais ou grandes cidades, excluindo pequenas cidades - http://pt.wikipedia.org/wiki/MTV_Brasil). A mesma matéria mostrou errôneamente o Parkour como uma pratica Vandalizada e Radical (mas a matéria serviu como degrau para mais divulgações).

Depois da matéria para MTV, Leonard Akira e mais dois "traceurs" Rafael e Fernando (Nabo), foram convidados para dar uma entrevista para o Programa a Noite é uma Criança, de Otávio Mesquita na Band. A matéria, mesmo exibida tarde, foi o impulso que faltava para grandes divulgações (já que se tornou a primeira matéria em TV aberta do Brasil ), depois dessas divulgações surgiram muitas outras para a Internet e Faculdades e surgiram mais divulgações em TV Aberta como a da Band, SBT, Record, Gazeta e Rede Globo, aonde Leonard Akira e traceurs do Rio de Janeiro ( Voltz ) gravaram uma excelente matéria para o Fantástico! E houve outras matérias para canais fechados também, como ESPN, Multishow (Tribos, com Daniela Suzuki), Sony, etc.


Hoje, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Brasília são os estados brasileiros em que se tem noticia da maior cena ativa de Parkour, com cerca de 20.000 praticantes ativos, e mais de 1.000 praticantes com um bom nível técnico.


Texto Revisado & Redigido por Bruce Waine.






Deixe aqui seu comentario

-[ Postagens Antigas ]-

-=| Le Parkour Brasil Copyright © 2002 |=-



Dificuldades


Sendo um esporte que usa os obstáculos urbanos, os "traceurs" no Brasil enfrentam o problema
dos seguranças e policiais. É difícil um policial que vê uma pessoa pulando muros de 2 metros,
com um simples toque, passando por cercas, grades, pulando de um telhado pro outro, e todas
as outras coisas que fazem do Parkour um esporte intenso, entender que ele está praticando
um esporte, uma disciplina atlética, que estimula a mente, cria resistência física, velocidade,
e o mais importante, seguindo uma filosofia de treinamento disciplinada (com origens militares).

"Traceurs" são freqüentemente confundidos com marginais, pedidos que se retirem de locais (mesmo de locais públicos) por policiais; sem falar nos seguranças de prédios e áreas comerciais. Mas
vale lembrar também que existem pessoas esclarecidas e educadas, que em muitos lugares os seguranças e policiais perguntam apenas o que esta acontecendo, pedem que se tomem cuidados e liberam pra continuar, muitos deles ate ficam admirados e elogiam os movimentos dos praticantes.

--------------------------------------------------------------------------



Como começar a praticar Parkour ?


Antes de começar a praticar, é bom que estude muito sobre a prática e a filosofia do Parkour para ter certeza de que esta fazendo tudo certo.
Após isso, entenda que o Parkour é uma pratica esportiva ou um esporte sem competições (Do ingl. Sport. Substantivo masculino. 1.O conjunto dos exercícios físicos praticados com método, individualmente ou em equipes; desporte, desporto - Novo Dicionário Eletrônico Aurélio versão 5.0) que envolve riscos, e eu não posso me responsabilizar por você, já que não tenho como avaliar o condicionamento físico e mental de cada pessoa. Então respeite seus limites!

Depois de compreender seus limites você pode ter uma boa noção das técnicas básicas do Le Parkour em Português.



A primeira coisa a se fazer é o alogamento estático. Ficar parado em posições por pelo menos 15 segundos, e sem forçar demais.
Depois, você faz o aquecimento, uma corridinha de 5 à 10 minutos é o suficiente, lembre-se, quanto mais frio, maior vai ter que ser o aquecimento.

Agora vem o alogamento dinâmico, forçar bastante os musculos, por pouco tempo, como dar chutes no ar, pular alto, etc.. Depois do alogamento dinâmico, você está pronto para inciar seu treino.

Começe pelo Landing (ou Pouso Simples, em português). Treine-a em lugares baixos, de 1 metros, mais ou menos. E vá subindo. É importante ter controle dela, ou suas panturilhas não vão fazer você esquecer do treino no outro dia.
Caso Pessoal: Eu levei uma semana para aprender corretamente o Pouso Simples, e sempre repito os avisos para treinarem bem ele, pra evitar que outros passem pela tortura que passei.

No seu treino você pode também treinar os vaults simples, e o rolamento (PK Roll). Por que são técnicas básicas que você vai usar em todos os treinos.

Depois do seu treino, você deve se preparam para esfiar o seu corpo.
Começe por uma caminhada leve, caso esteja muito cansado.
Logo após alongamentos dinâmico, e depois estático.
É muito importante esta parte, para não sentir dores no outro dia.

Dica: Caso sinta vergonha de sair na rua treinando, junte um grupo de amigos para treinar. No inicio é meio vergonhoso, mas depois você perde essa vergonha e treina normalmente.

Observação 1: No início é normal não achar lugar pra treinar, você ainda não tem a noção de oque pode fazer com os obstaculos. O jeito pra isso, é procurar pela cidade uma praça ou algo do tipo, e treinar lá.

Observação 2: Respeita sempre a propriedade privada e publica, agora só por que faz parkour, não vá depredar os lugares. E caso peçam para você sair de uma propriedade privada, tente entender que para algumas pessoas não é legal ver gente pulando muros.

Após isso, você ja tem uma noção básica de como proseguir com seus treinos.


-----------------

DICA IMPORTANTE : DESCANSO TAMBÉM É TREINO


Treinar Parkour é muito bom, tão bom, que se nós pudéssemos, treinaríamos todos os dias. Muitos já tentaram esta façanha e descobriram que NÃO conseguem ter um bom rendimento treinando assim.
Do ponto de vista técnico, o Parkour é uma atividade física pliométrica, ou seja, com alto impacto, tendo um gasto energético muito alto para o nosso corpo. E como não somos SUPER-HOMENS, precisamos respeitar o tempo de descanso de, pelo menos, 24 horas de um treino para o outro, deixando nosso corpo descansar para que possa estar inteiros para o próximo treino.
Para isto, podemos utilizar um recurso chamado PERIODIZAÇÃO DE TREINOS, marcando os treinos de modo que fique pelo menos um dia de intervalo entre um treino e outro, dando o tempo necessário para nosso corpo descansar.
Outra questão é a duração dos treinos, pois treinando forte e por muito tempo, entramos num processo chamado Over-training( excesso de treinamento), onde nosso corpo começa a usar o nosso músculo como combustível para funcionar, e não as nossas reservas de gordura e oxigênio, que deveriam estar sendo utilizadas. É isto mesmo, ao invés de estarmos perdendo gordura, estamos PERDENDO MÚSCULOS.



E para que isto não ocorra, precisamos nos controlar e saber a hora de parar, evitando também as lesões por já estarmos muito cansados.
Uma coisa tem que ficar clara, DESCANSO também é TREINO. Assim, nosso rendimento vai ser muito maior e nossos treinos muito melhores.
Pratique Parkour com segurança e responsabilidade. Respeite o obstáculo, pois este não vai respeitar você e respeite, acima de tudo,o seu corpo.

BONS PULOS E BOM DESCANSO!!!

Maurício Stoffel (220Vaults Parkour Crew Novo Hamburgo - RS)

------------------------------



Le Parkour? Freerunning? Yamakasi?



Como uma disciplina começou se transformou em uma arvore de diferenças?
é simples! necessidade de se adaptar a mentalidade, e ao objetivo de cada um.

Muitas pessoas afirmam que os movimentos do Parkour sempre foram usados desde
o principio da humanidade, pra varias coisas, e assim tem muitas pessoas
afirmam sempre ter praticado Parkour sem nem mesmo saber disso.
O Fato é que parkour não são apenas os movimentos, é o conjunto
organizado dos movimentos, aplicado a um objetivo. no caso do Parkour,
Agilidade e Eficiencia.

O Freerunning no começo seria apenas uma tradução do ingles para
PARKOUR, levada para inglaterra junto com o parkour, e depois
sofrendo diversas modificações filosoficas e objetivas, parkour e
freerunning hoje em dia são duas coisas completamente diferente,
movimentos parecidos novamente, objetivos e motivos diferentes.
Muitos acreditam (inclusive eu \o/) que Sebastien Foucan criou
Freerun para ter seu proprio esporte, e não ter que citar o
David Belle nisso, vide Jump London/Britain (opinião pessoal).


--------------------

Freestyle Parkour


Freestyle Parkour é a moda/termo do momento, Anunciado pela comunidade mundial
URBANFREEFLOW, é uma tentativa de criar um Parkour mais liberal, o que eles
chamam de "Liberdade Total de Movimentos" sem se prender ao Parkour como
costumava ser, uso explicito de giros, e saltos mortais, assim como enfeites
junto aos movimentos, tentando criar um efeito visual e estética em cima da
prática, também abrindo espaço pra competições. Ao contrario do que a maioria
pensa freestyle parkour não é simplesmente parkour com mortal, é uma pratica
completamente diferente do Parkour como foi desenvolvido, visa total estetica
dos movimentos, seja um monkey plant saindo com um giro corporal, ou
simplesmente rodar em um poste, e abre espaço para competições.

Descrição oficial pela PAWA

"Free running? Um tipo de demonstração misturando técnicas de Parkour e acrobacias para ser mais espetacular e servir à mídia e ao marketing, mas também é um esporte.
O termo Parkour foi inventado por David Belle e Hubert Koundé em 1998, e a expressão Free Running foi criada bem mais tarde por Sebastién Foucan com o propósito de divulgar o Parkour com um tom de marketing (eles pensavam que a palavra Parkour não era internacional o suficiente e Sebastien Foucan propôs a eles o termo).
O problema é que misturaram as acrobacias para impressionar as pessoas. É aí que o Free Running se diferere do Parkour.
Comparando, o Free Running é como os katas artísticos nas artes marciais, onde o objetivo é somente ser fantástico.
Então Parkour e Free Running estão ligados, mas não seguem a mesma filosofia. Quando você pratica para mostrar o quão espetacular o teu pulo será, as pessoas não estão mais focadas na dificuldade ou no obstáculo, mas em você.
Esta atitude de se mostrar não é a mesma filosofia que preza pela humildade. Neste ponto, Free Running e Parkour são fundamentalmente diferentes, mesmo o primeiro estando relacionado ao segundo. Como o caminho tradicional e o freestyle."

-------------------

Yamakasi


Yamakasi por mais brigas que tenha causado é o maior responsavel por hoje
conhecermos e praticarmos Parkour, foi o filme que levou o Parkour ou pelo
menos fez com que os movimentos fossem discutidos fora do suburbio parisiense.
Yamakasi é um grupo que começou com David Belle, Sebastién, Yann, Chau Belle
e outros nomes poderosos em termo de art du deplacement. depois do primeiro filme,
o Yamakasi se separou (David e Sebastien) provavelmente dando inicio aos Traceurs.
Yamakasi atualmente é o nome da disciplina que os "Yamakasi" divulgam, na frança
é muito comum ao inves de dizer Parkour, dizer Yamakasi. Os membros do Yamakasi
quando citam algo que não seja yamakasi, usam parcours ou l'art du deplacement,
mas nunca Parkour como David Belle batizou. Ninguem sabe o motivo do não uso
do nome Parkour, mas é obvio que vem da briga que causou a separação.
Yamakasi hoje é uma disciplina semelhante ao Parkour, mas que também
acrescenta giros e movimentos mais estéticos.


------------------------------------------


Méthode Naturalle & Espirito do Parkour

ESSÊNCIA: As propriedades intrínsecas ou indispensáveis que servem para caracterizar ou identificar algo.

ESPÍRITO:- A natureza essencial de uma pessoa ou grupo.

O espírito e a essência do Parkour como uma disciplina atlética e modo de vida podem ser melhor explorados respondendo a pergunta o que significa ser um Traceur?Muitas pessoas acreditam que a palavra Traceur simplesmente se refere a alguém que pratica Parkour. Basicamente isso é correto uma vez que é compreendido que Parkour é muito mais que um conjunto de movimentos físicos.Para dizer que alguem pratica Parkour e é então um Traceur, esse alguém precisa aplicar uma disciplina mental, propósito e etos ao seu treinamento. O resultado disso sempre será a mudança de sua perspectiva do mundo enquanto obstáculos e desafios, tanto físicos como mentais, se tornam progressivamente menos desafiadores.Para entender a perspectiva de um traceur, é preciso entender a história do desenvolvimento do Parkour, das experiências na infância de Raymond Belle no Vietnam, até as descobertas do Methode Naturelle de Georges Hébert (Método Natural) do qual Raymond se tornou muito habituado durante sua carreira como um um Sapeur-pompier de elite (bombeiros militares de elite, na França) , e finalmente na educação mental e treinamento físico de seu filho, David Belle, quem então comunicou esses ideais e essas técnicas ao mundo através da disciplina Parkour.Raymond Belle era um soldado adolescente na guerra do Vietnam, lutando contra os invasores ocidentais. O denso terreno selvagem significava que conhecimento local era uma vantagem crucial que a milícia local em vasta desvantagem de equipamento teria que explorar para qualquer chance de sobrevivência. Raymond Belle e sua unidade se tornaram extremamente adeptos a usar o terreno local em sua vantagem, se movendo rapidamente e silenciosamente pela densa floresta, surpreendendo seus inimigos e depois rapidamente se retirando para evitar serem trazidos em uma batalha perdendo sua preciosa vantagem. Foram nessas táticas desesperadas de guerrilha que a idéia de Parkour como uma ferramenta instintiva e prática nasceu. Os benefícios dados pelos movimentos rápidos, eficientes e controlados não eram fama, elegância, ou uma ascensão espiritual, era a diferença entre vida e morte. Seria usada para alcançar um ao outro para socorro, para escapar quando surgisse a necessidade, e sobreviver através da improvisação quando o caos acontecesse. Seu movimento se tornara sua vida.Eventualmente Raymond Belle teria sido acolhido por soldados franceses, e colocado num regimento onde ele foi introduzido ao treinamento militar estruturado. Embora treinado para matar, o jovem soldado sairia em busca de salvar vidas.Depois da guerra quando Raymond criava seu novo lar, integrou o regimento parisiense de sapeurs-pompiers militares (bombeiros militares). Foi lá que ele foi propriamente emergido no Methode Naturelle de Georges Hébert, um programa estruturado de desenvolvimento físico e mental que se tornou padrão e base de treinamento militar internacional. As experiências de Raymond no Vietnam, e seu entendimento pessoal de movimento eficaz e útil, agora tinham uma base na qual poderiam ser desenvolvidos através de refinamento disciplinado da técnica.

-------------------


Passado de Georges Hébert:Aos 27 anos, Georges Hébert coordenou a evacuação de 700 pessoas da idade de St Pierre durante uma catastrófica erupção vulcânica. Essa experiência surtiu profundos efeitos nele, reforçando sua crença na importância da força física e do altruísmo.Hébert teria viajado extensivamente pelo mundo afora e se impressionou pelo desenvolvimento físico e habilidades dos movimentos de povos indígenas na África e outros lugares:"Seus corpos eram esplêndidos, flexíveis, ágeis, habilidosos, duráveis, resistentes e ainda nunca tiveram nenhum tutor em ginástica exceto pelo seu convívio com a natureza." Eventualmente, ele expressou seu entendimento através de seu lema pessoal:Etre fort pour être utile"-"Ser forte para ser útil."Essa frase encapsula o propósito por trás do desenvolvimento do seu método natural tão completamente, que seu significado pode ser considerado como um passo crucial para o entendimento do desenvolvimento da perspectiva do traceur.


Alvaro Romano / Ginastica Natural , baseada no Methode Naturalle

-------------------

E seu Methode Naturelle (Método Natural):Georges Hébert escreveu:"O objetivo final da educação física é formar seres fortes. No senso puramente físico, o Método Natural promove as qualidades de resistência orgânica, muscular como promove também a agilidade e velocidade, em função de poder andar, correr, pular, movimento quadrúpede, escalar, andar em equilíbrio, arremessar, levantar, defender-se, e nadar.No senso viril ou energético, o sistema consiste em ter energia suficiente, força de vontade, coragem, frieza, e fermeté (firmeza).No senso moral, a educação, pela elevação das emoções, conduz ou mantém a fibra moral de uma forma útil e benéfica.O verdadeiro Método Natural, no seu sentido mais abrangente, precisa ser considerado como o resultado dessas três forças em particular; é uma síntese do físico, viril e moral. Reside não só nos músculos e na respiração, mas acima de tudo na energia que é usada, na determinação que direciona e no sentimento que guia.Uma sessão de treinamento consiste, então, de exercícios num ambiente externo - um curso de grande ou curta distância (algumas centenas de metros até vários km ), durante o qual um anda, corre, salta, desloca quadrupitalmente, escala, anda em equilíbrio instável, levanta e carrega, arremessa, luta e nada.


Alvaro Romano / Ginastica Natural , baseada no Methode Naturalle

-------------------

A habilidade de Raymond foi rapidamente reconhecida, e ele 'foi ingressar numa equipe de elite do seu regimento, composta pelos bombeiros mais ágeis e condicionados. Seus inigualáveis membros eram chamados para assumir as missões de resgate mais difíceis e perigosas.'Em mais de 17 anos de regimento, Raymond performou atos de altruísmo em incontáveis resgates, e se tornou a personificação dos sapeurs-pompiers. No entanto, mais importante para o Parkour, ele passou para seu filho David seus ideais e valores nascidos de suas próprias experiências, numa plataforma disciplinada na qual eles poderiam ser nutridos e ensinados.Crescendo com um herói tão grande como figura paterna resultou em David continuando o legado de Raymond, e dedicar sua vida à progressão através do movimento, mas mais importante à idéia de que todo seu treinamento deveria ser aplicável à vida real e ajudá-lo a resolver problemas ou situações extremas.


Alvaro Romano / Ginastica Natural , baseada no Methode Naturalle

Depois de se mudar do campo para um dos provavelmente mais tediosos subúrbios parisienses na sua pré-adolescência, David começou a adotar sua habilidade e compreendendo mais sobre sua vizinhança e seu lado urbano. Ele criaria situações na sua cabeça onde ele teria que salvar alguem de um prédio em chamas, ou escapar com vida de um assaltante, e treinava os movimentos para isso.Eficiência, velocidade, eficácia, longevidade e controle se tornaram focos do seu treino, e eventualmente mais situações se tornaram fáceis de resolver. Seu treino constantemente o levava mais longe e mais alto, aumentando seu potencial de ajudar, e um conjunto de técnicas básicas para conquistar uma maturidade sobre os obstáculos assim evoluía. Conforme as pessoas reconheciam esse garoto e sua movimentação com um propósito, um grupo começou a se formar dos amigos e familiares de David. Essencialmente eles se juntaram à David para aprender a se movimentar novamente, para descobrir algo tão natural que se tornara perdido no mundo moderno. Sempre que aparecesse alguem novo, o grupo alegremente o aceitava e o treinava, espalhando o conhecimento e habilidade que todos compartilhavam.A disciplina atlética chamada de Parkour foi o resultado disso.Na sua simplicidade natural, Parkour era sobre movimentar-se com um propósito, um propósito REAL. Não um propósito superficial, como ficar bonito ou ter um momento de emoção, mas algo que pudesse fazer uma diferença positiva no mundo, que pudesse ajudar alguem. A mensagem do Parkour é de união e aceitação.A frase Etre et durer, traduzida para Ser e durar (exemplifica tudo isso ).

Corrigido e Revisador por: Bruce Waine






Deixe aqui seu comentario

-[ Postagens Antigas ]-

-=| Le Parkour Brasil Copyright © 2002 |=-






Filosofia do Parkour



Parkour - é basicamente o método natural de treinar o corpo para se tornar capaz de se mover adiante com agilidade, fazendo uso dos obstaculos que estão a nossa volta o tempo todo. A Arte do movimento não necessita de nenhuma estrutura ou acessorios, seu corpo é sua unica ferramenta.

O Parkour é uma disciplina atlética acessivel a todos, por que combina capacidades naturais do corpo humano: correr, saltar, escalar... é um esporte que permite explorar todo potencial do seu corpo.
Tudo é uma questão de enfrentar os obstaculos que são apresentados sendo eles naturais, ou ambientes urbanos procurando movimentos que combinem eficiencia e controle.
O equipamento necessario é simplesmente uma camiseta, uma calça bem leve, e um par de tenis.

"C'est comme si votre corps avait toujours été en pilotage automatique et que vous découvriez soudain que vous êtes capable de le piloter vous même"

"É como se seu corpo estivesse ficado sempre no piloto automatico, ai você descobre pela primeira vez que é capaz de controla-lo"

O Fundamento principal é de um homem que corre, e que nada o faz parar.

Parkour é um esporte completo pelo conjunto mental que inspira os praticantes, tanto quanto pelas diversas capacidades que desenvolve. é uma diciplina dificil de ser treinada, pois continuamente testa os limites de cada praticante. é tudo uma questão de saber se está preparado para manter os limites existentes, ou se esta preparado para empurrar os limites o maximo possivel.

Acessivel a todos com 15anos ou mais (que precisam de desenvolvimento fisico), parkour torna possivel desenvolver a forma fisica e cordenação enquanto desenvolve força de vontade, determinação, motivação, força, resistencia e coragem: qualidades essenciais na vida! Educando e informando pessoas jovens que estão ávidas por novas experiencias.
Parkour é muito mais que um esporte. é um estilo de vida, o caminho para "se achar" e mesmo; aprender a controlar seu proprio corpo. que se torma mais forte, e vencer como enfrentar osbstaculos mentais não apenas os fisicos.

Uma palavra de cuidado: Certas pessoas que acham saber muito sobre suas proprias capacidades fisicas, ou que não tem conciencia dos riscos, frequentemente são submetidas a varios acidentes, e ate mesmo serios ferimentos. No Parkour o conjunto mental é combinado ao controle e poder do corpo e do espirito. é ridiculo procurar liberdade e acabar quebrado numa cadeira de rodas. Prudencia!

Uma vez também pode-se sugerir que um Traceur (praticante de parkour) é um otimo praticante de outras atividades esportivas que necessitam cabeça fria, agilidade, força, auto-controle e a capacidade de ser observador e muitas outras qualidades são desenvolvidas num Traceur, quando ele pratica "L'Art du Deplacement" pra usar o termo em frances

O Motivo no qual o parkour é um esporte completo. Necessita muitas capacidades do corpo humano ao mesmo tempo, requer uma absoluta concentração que seria num efeito 3D,-- Avaliação de distancia, avaliação de capacidade, e avaliação de risco.


-------------------------------------------------------------------------


A Popularização do Parkour



Em meados de 1997, David Belle gravou algumas matérias pra TV francesa e propagandas mostrando o que ele e seus seguidores eram capazes de fazer com o corpo e foi assim, devagar, que o esporte começou a se dissipar pelo mundo. Em 2003 um documentário exibido pelo Discovery Channel chamado Jump London fez com que o Parkour, denominado por freerunning pela imprensa, crescesse ainda mais na Europa e se expandisse pra outros países. Assim um grupo de praticantes ingleses conhecidos como Seidojin fundaram um site de discussão sobre o esporte: o UrbanFreeFlow. Muita polêmica e discussões então começaram a surgir, pois eles começaram integrar ao esporte novos movimentos como flips (mortais) e spins (giros) que não faziam parte do Parkour puro. Então os Seidojin deixaram a filosofia de lado e criaram o FreeStyle Parkour (FRPK) onde qualquer tipo de movimento é aceito mesmo não tendo algum tipo de "objetivo final" e mais discussões surgiram e surgem até hoje.
Algum tempo depois mais um documentário, também exibido pelo Discovery, unindo traceurs franceses e o pessoal do UrbanFreeFlow foi ao ar, este então chamado Jump Britain. Nessas proporções o esporte não parava de crescer, até que este ano estreiou no cinema e nas locadoras o filme 13º Distrito (Banlieue 13) estrelado por Cyril Raffaelli (perito em artes marciais) e David Belle, onde muitas cenas exploram a habilidade do Parkour fazendo com que muita gente passasse a conhecer ou ao menos se entusismar com este esporte.
No Brasil a primeira aparição na mídia de que tive notícia foi na revista ISTOÉ, mal vista pelos traceurs brasileiros pois passava uma imagem negativa do esporte por culpa da edição, um tempo depois tivemos uma reportagem na MTV, no Gordo Freak Show, alguns jornais e revistas locais, ESPORTV, Folha de São Paulo, programa do Otávio Mesquita (que também como em outras divulgações não agradou a maioria dos praticantes menos experientes), recentemente o Parkour apareceu em programas de grande audiência como Domingão do Faustão, Fantástico e Jornal Nacional. Cada dia mais surgem novos praticantes do esporte (tanto nas capitais como no interior do país) que está virando mania.

By Tiago


---------------------------------------------------



No Parkour, você interage de diversas formas com o ambiente. Um treino de vault no muro, uma precisão no corrimão da escada, ou um pulo da sacada em um treino são formas interessantes de agir com o ambiente de uma forma que ele não foi projetado para tal. Isso confunde um pouco as coisas pra aqueles que não tem muito bem definido na cabeça que Parkour é um esporte de ultrapassar OBSTÁCULOS de forma EFICIENTE. E não "uso do ambiente da melhor forma", "corrida estilosa", "corrida criativa com girinhos", etc. Um sábio filósofo hoje conhecido como Rafael "Esquilo Não sei dar Palmspin" Dutra disse uma frase que pra mim foi uma das mais sábias ditas até hoje na comunidade de Parkour no Orkut: "Essa coisa de liberdade é coisa dos modistas. Parkour é um esporte limitado como qualquer outro".

A partir do Parkour, essa onda de correr com estilo, dar "girinhos", e ter "liberdade de movimento" começou a ser confundida com a intenção original de eficiência no percurso. A partir disso as coisas foram se esclarecendo no exterior e nasceram algumas vertentes baseadas no esporte original, como Freerunning, Yamakasi e Freestyle Parkour... Essas sim tem um propósito mais estético, pregando a liberdade dos movimentos, a criatividade.

A divulgação na mídia não ajuda muito: O que interessa pra eles mostrarem é um monte de louco que pulam de lugares altos, ou que dão mortais do telhado de uma casa. As pessoas confundem. O Tiago (urso) na entrevista pro esporte espetacular dizia "escada pra que?". Na hora eu achei legal, mas depois você para e pensa... Se subir a escada correndo for mais rápido e eficiente que subir um muro no wallrun, ela continua sendo muito melhor também como parkour, mesmo servindo como uma escada ordinária.

Claro, você pode dar um mortal no meio de um percurso. Mas chamar isso de Parkour? É como se você estivesse no meio do campo de futebol, parasse com a bola, desse um mortal e continuasse. Não tem utilidade, não se encaixa no propósito, é só gracinha que você faz porque você gosta. (Nada contra, eu gosto também, mas sem confundir isso com Parkour).

Essa confusão com a definição do esporte acaba abrindo também uma brecha para que as pessoas digam "Le Parkour pra mim é isso, Le Parkour pra mim é aquilo" como querendo usar o esporte para justificar alguma coisa sem muito sentido.. Por exemplo já vi gente dizendo "Le Parkour pra mim é liberdade de movimento, eu dou mortal quando eu quiser". Errado. Se você quer fazer alguma coisa diferente faça, mas não roube a definição de um esporte criado e seguido por OUTRAS pessoas para justificar as besteiras que você faz.

Concluindo, Parkour é um esporte limitado como qualquer outro :) Você tem um objetivo, um propósito que é chegar do ponto A ao ponto B da forma mais rápida possível, utilizando nada mais que seu corpo e as habilidades oferecidas por ele como instrumento. Acho que a definição já foi muito bem coberta pelos colegas aí embaixo

By Jean

---------------------------------------------------



Por que o básico é importante? E afinal, o que é básico?



Antes de tudo, o que significa básico? Básico é aquilo que serve de base, que é fundamental, essencial. É tudo aquilo que deve estar já construído para que se possa ir além. E no Parkour não é diferente, há de se haver um básico para que se possa ir além, e esse básico é importante, mas muitas vezes deixado de lado, pois uma vez que se consegue o movimento, já se passa para um próximo, ou então é negligenciado em detrimento dos movimentos mais "legais".

O que é básico no Parkour? Ao meu ver, o mais básico é a queda. Longe de isso ser isoladamente o mais importante, mas é o mais básico. Eu gosto muito de vaults, são a minha parte preferida no parkour, mas eu reconheço que o mais básico é a queda, que está inclusive intimamente ligada aos vaults, pois neles está presente a característica principal da eficiência do Parkour quanto as quedas: a absorção de impacto.

Como treinar a absorção de impacto? Landing, rolamento e queda com rolamento da forma mais importante: repetidamente e GROUND LEVEL gradual. "Aew brow, isso é um saco, ficar repetindo a mesma coisa, no chão ainda! Eu quero é me divertir, parkour é vida (li no blog!), pk4life!"Alguém que só quer se divertir com o Parkour não é um traceur, pois faltam nessa pessoa algumas características importantes: disciplina, consciência e superação constante. Quem viu o Jump Britain sabe que inclusive o Foucan, alguém de bom nível, depende de repetição pra conseguir algumas coisas (mesmo que sejam girinhos :D). E com o tempo a confiança e a a capacidade de lidar com alturas se desenvolve, aí a prática fica divertida e segura.

Lembrem-se que o básico é o fundamental, e para se ter uma boa performance em qualquer coisa, ter o básico bem afinado reflete em toda o resto da prática!

Um abraço and let it flow!

By Bernardo


---------------------------------------------------



Como de costume concordo com os meus amigos. Parkour é auto-superação, preparo físico, .A -> .B, Disciplina, dentre outros conforme citaram.
Moro em Florianópolis, cidade onde o índice de violência ultrapassa o Rio de Janeiro, proporcionalmente; portanto uma preocupação constante que tenho é quanto a segurança pessoal.
Vejo o Parkour como uma forma de defesa diferenciada, se eu treinasse a mais tempo certamente teria alcançado o ladrão que peguei em flagrante, e teria fugido de alguns assaltos.
Não considero mais as artes marciais como a melhor forma de defesa desde que inventaram a pólvora, coloco o Parkour acima delas.
Já ouvi relatos de praticantes que usaram o Parkour dessa forma com sucesso, o que fortalece essa idéia.
Eu também pratico com a visão de "ser forte para ser útil", ou seja, ajudar ao próximo; porém com um estímulo extra, afinal quem é capaz de ajudar ao próximo pode ser capaz de ajudar a si próprio.

By Esquilo


---------------------------------------------------



Parkour é um esporte completo que se encarado de maneira séria e correta traz benefícios físicos e psicológicos incontestáveis. Você passa a ver tudo a sua volta de um jeito diferente buscando um obstáculo, um desafio novo a cada dia. Superando medos e limites dentro do Parkour e transferindo isso para a vida é que você passa a sentir o diferencial.
No Parkour tentamos sempre transpor os obstáculos com a certeza do acerto, repetindo as mesmas coisas para dar aos movimentos a maior naturalidade possível, sem erros, sem se machucar. O esporte mudou muito em mim pessoalmente falando, venci a timidez, ganhei confiança e auto-estima, aprendi a respeitar minha mente, meu corpo e todas as dificuldades que encontro na vida encarando-as com respeito, cautela, cuidado e certeza de que vou fazer o melhor pra sempre não errar nem comigo, nem com as pessoas ao meu redor.
O esporte por não ser competitivo traz um lado social muito positivo integrando os praticantes que se ajudam. Eu em particular conheci pessoas através do Parkour que quero ter ao meu lado por toda a vida e outras que eu já conhecia, mas que fortaleci ainda mais as relações de amizade.
Portanto só o que eu tenho a fazer é agradecer o Esporte.

By Tiago


Texto Retirado de Parkour BR


-------------------------------------------------------------------------




USANDO SEU TÊNIS E O QUE ELE TEM PARA TE DAR


1. Como aumentar a durabilidade do seu tênis?

- Para aumentar a durabilidade e a capacidade de amortecimento do seu tênis, é importante que você tenha pelo menos 2 pares e vá alternando o uso entre eles. Isto porque o EVA (aquela borracha branca do solado) demora em torno de 24 horas para voltar à sua conformação normal. Portanto, se você usar o tênis num período menor do que este, não estará aproveitando ao máximo a capacidade amortecedora do solado e estará fazendo com que o EVA perca a sua capacidade amortecedora mais rápido.

- A Maioria dos Tênis de marcas famosas feitos para corrida, e atividades de uso intenso, tem prazo de vida entre 400km (Tenis de competição com menos materiais na sola aumentando a leveza) até 800km (Tênis de marcas mais especializadas). Então se você quer aumentar o tempo de uso do seu tênis, procure utiliza-lo apenas pro Parkour. Se for jogar volei ou praticar algum outro esporte, utilize um outro tênis.


2. Como eu posso identificar se está na hora de trocar meu tênis?


- Na pratica do Parkour um dos pontos mais importantes de um tênis é sua aderencia. Então procure saber reconhecer quando seu solado ja perdeu toda a aderência evitando acidentes, escorregões, e tudo mais. Procure observar se o EVA (parte branca). ja esta enrugada, com ranhuras excessivas. caso isso aconteça, você ja esta perdendo a capacidade amortecedora do seu tenis. hora de trocar.

3. Importancia da Meia durante uma pratica esportiva


A meia é de extrema importância para o , pois ela ajuda na prevenção de bolhas. O deve evitar meias de algodão, porque elas têm a tendência de absorver mais umidade. O ideal é que as meias sejam de materiais sintéticos, que retiram a umidade do pé. Meias com reforço no calcanhar e nos dedos também ajudam a reduzir a fricção.

4. O que causa bolhas nos pés?

A bolha é causada pela combinação de atrito e umidade. Isto faz com que haja uma separação entre a derme (pele mais profunda) e a epiderme (pele superficial), provocando bolhas de água e, em casos mais sérios, bolhas de sangue.

- As bolhas geralmente ocorrem em treinos longos, quando a transpiração no pé e a água jogada no corpo acabam umedecendo mais o calçado. Nestas condições, o pé fica mais inchado, devido ao aumento da circulação no local. E isto também favorece o aparecimento de bolhas.
Meias de boa qualidade são fundamentais na prevenção de bolhas

5. Algumas dicas na hora de comprar um tênis de corrida.

- Experimente o tênis no final do dia, quando o seu pé estiver mais inchado. Durante o seu treino, ele também estará assim. Quando for comprar o seu tênis, tenha certeza de que existe pelo menos uns 2 centímetros sobrando na frente do calçado, em relação ao seu dedo mais longo.

- Quando for experimentar o tênis, é muito importante que você esteja com a meia que costuma usar para correr.

- Outra dica importante é levar seu tênis usado no momento da compra de um novo, para que o vendedor possa auxiliar na definição do Tênis mais apropriado, de acordo com a pisada e seus desgastes na sola.

6. Amaciar o tênis?

- O motivo é simples: seu pé deve se adaptar ao tênis antes de você colocá-lo à prova, em uma condição em que você vai exigir o máximo de aproveitamento do calçado. Amaciar o tênis significa andar com ele algumas vezes e correr distâncias curtas antes de usá-lo em uma prova.

Fontes de Pesquisa: Mizuno

Adaptação: Alberto Brandão






Deixe aqui seu comentario

-[ Postagens Antigas ]-

-=| Le Parkour Brasil Copyright © 2002 |=-